Os céstodes, comummente chamados por ténias são parasitas intestinais muito comuns em gatos

Partilhar

É muito fácil ver casos de infestações por ténias em gatos, independentemente de saírem ou não para o exterior. Proteger os gatos de todo o tipo de parasitas internos é um aspeto muito importante do cuidado com a sua saúde. Aprenda a identificar os sinais de alerta, para se assegurar que protege o seu gato.

Talvez não saiba que mesmo os gatos caseiros, aqueles que não saem para o exterior, podem contrair parasitas internos em algum momento da sua vida, e que a ténia é um dos parasitas intestinais mais frequentes em gatos.

Sob o nome de ténia, geralmente referimo-nos a um grupo de parasitas internos chamados céstodes, que inclui várias espécies que podem afetar os gatos: Taenia taeniaeformis, Dipylidium caninum, Mesocestoides spp e Echinococcus multilocularis, entre outras. Ainda que as quatro espécies de ténia possam surgir em gatos domésticos, a maioria das infestações no nosso país é causada pelas duas primeiras espécies: Taenia taeniaeformis e Dipylidium caninum. Esta última é a mais frequente e também é conhecida por “ténia das pulgas”, já que atuam com o seu hospedeiro intermédio e podem transmitir a sua infeção. Contudo, também existem outras espécies de ténia, como a Taenia taeniaeformis que podemos encontrar em gatos que caçam pequenos animais silvestres, como pássaros, roedores e lagartixas.


Como é que os gatos contraem as ténias? 

A via mais frequente de infestação por ténias nos gatos é quando ingerem pulgas quando se estão a limpar, como no caso de Dipylidium caninum. Estima-se que, ao limparem-se, os gatos ingiram metade das pulgas que estão presentes na sua pelagem. Através dos processos digestivos, as larvas de ténia libertam-se no intestino, onde amadurecem até se converterem em parasitas adultos.

Os gatos de exterior que caçam pássaros, roedores e lagartixas, correm o risco de contrair ténias, como a Taenia taeniaeformis se estes animais já estão por sua vez infestados por parasitas.

Quais são os sinais e sintomas da infestação por ténia nos gatos? 

A ténia adulta é um parasita comprido, plano, segmentado, que pode viver nos intestinos do gato durante muitos meses. Do parasita desprendem-se segmentos repletos de ovos, que passam para as fezes do gato. Os segmentos não estão vivos, mas podem continuar a mover-se durante algum tempo.

Por vezes, não podemos saber se o nosso gato tem ténias, uma vez que já que pode estar infetado, mesmo que não se observem ou detetem sintomas. Não obstante, podem observar-se as seguintes situações:

  • Segmentos de ténia no ânus do gato ou nas suas fezes
  • Um comportamento repetitivo do animal, lambendo ou mordendo a zona do ânus ou esfregando contra o chão para aliviar a comichão
  • Perda de peso
  • Mal-estar geral

Se observamos sintomas de parasitas intestinais nos gatos, devemos levá-lo ao médico veterinário para que nos aconselhe como atuar. Após realizar um exame às fezes para comprovar ou descartar a presença de parasitas, o profissional estabelecerá o tratamento adequado, de acordo com o caso em particular.

Parasitas intestinais

Opções de prevenção e tratamento para eliminar a infestação por ténia em gatos 

Habitualmente, os tratamentos e a prevenção da teníase efetuam-se através de anti-helmínticos (também chamados de antiparasitários internos ou vermífugos) de amplo espectro, administrados de forma regular durante toda a vida do animal. A forma mais fácil de desparasitar o seu animal de companhia e assim eliminar a infestação por ténia em gatos é através do uso de pipetas.

Os tratamentos em formato de pipeta são uma forma direta e rotineira de desparasitação convencional. Eliminam todo o tipo de parasitas internos frequentes nos gatos e aplicam-se sob a forma de gotas na parte posterior do pescoço do animal. Desta forma, também evitamos stressar os animais que não aceitam bem ingerir comprimidos.

Se para o seu gato os comprimidos antiparasitários são uma solução mais simples dentro da sua rotina de desparasitação, estes também atuam rapidamente para eliminar as infestações provocadas por ténias e outros parasitas em gatos. A dose dependerá do peso do seu animal.

Manter um plano de desparasitação regular ajudará o seu animal a livrar-se destes “convidados” indesejados. É a melhor opção para que o seu gato continue protegido e saudável!

Partilhar